secretariado@spzn.pt https://spzn.pt/uploads/seo/big_1714128161_9668_big_1711985899_8530_spzn_logo_new.png

FNE e AFIET promovem Consulta Nacional sobre a carreira docente e as condições de exercício profissional em Portugal


12 Junho 2024

Notícias FNE

FNE e AFIET promovem Consulta Nacional sobre a carreira docente e as condições de exercício profissional em Portugal
A Federação Nacional da Educação (FNE) e a Associação para a Formação e Investigação em Educação e Trabalho (AFIET) vão promover, entre 14 e 28 de junho de 2024, uma Consulta Nacional online destinada a Educadores e Professores dos Ensinos Básico e Secundário, sobre a carreira docente e as condições de exercício profissional em Portugal.

Depois das 3.482 respostas obtidas no questionário realizado no final do ano letivo anterior, nesta quinta edição de consultas dirigidas a Educadores e Professores procura-se conhecer a opinião destes profissionais sobre a sua carreira e as suas expetativas em relação ao futuro.

Quais são os problemas que identifica como principais na sua ação profissional?
Acha que a sua remuneração é compatível com as exigências que lhe são apesentadas?
Aconselharia um jovem a ser professor?
Como é que aprecia o recurso às ferramentas digitais na Educação?
Como é que estamos de indisciplina nas nossas escolas?

As respostas a este inquérito vão servir de fundamento para a ação político-sindical da FNE para o próximo ano letivo de 2024-2025.

Em mais um ano de contexto escolar difícil, os educadores e professores portugueses demonstraram, mais uma vez, um empenho, dedicação e profissionalismo inabaláveis, continuando envolvidos na disponibilização e promoção de um ensino de qualidade.

A valorização e dignificação da carreira docente são fundamentais para se alcançar uma educação com futuro.

E a mudança que a FNE e os docentes reivindicam apenas é possível com a aposta em carreiras profissionais, salários e condições de trabalho dignos, que garantam condições objetivas para responder aos desafios digitais e da educação ambiental, já urgentes no presente.

A FNE recorda que a análise aos resultados da consulta no passado ano letivo de 2022-23 demonstrou que os docentes portugueses tinham como principais preocupações o excesso de trabalho e a carga burocrática, sendo que a opção mais votada como maior prioridade de investimento do Governo foi o reforço do pessoal docente e de apoio educativo das escolas.

Com os resultados da consulta de junho de 2024, a FNE pretende reunir as preocupações dos educadores e professores para pressionar o Governo, no sentido que proceda a um sólido investimento numa Educação de qualidade, justa, inclusiva e sustentável. 

A Consulta Nacional da FNE ao ano letivo de 2023/2024 estará disponível no site da federação entre 14 e 28 de junho 2024. Os resultados serão divulgados posteriormente.


Porto, 12 de junho de 2024

Notícias Relacionadas

FNE solicita ao MECI diplomas sobre Recuperação do Tempo de Serviço dos Professores e Reinscrição na CGA

FNE solicita ao MECI diplomas sobre Recuperação do Tempo de Serviço dos Professores e Reinscrição na CGA

A Federação Nacional da Educação (FNE) fez chegar esta...

12 Junho 2024

Jornal FNE - junho 2024

Jornal FNE - junho 2024

A edição de junho 2024 do Jornal FNE já está disponív...

12 Junho 2024

FNE e MECI vão reunir para debater matérias ligadas ao Ensino Superior e Investigação

FNE e MECI vão reunir para debater matérias ligadas ao Ensino Superior e Investigação

O Ministério da Educação, Ciência e Inovação convoco...

12 Junho 2024